A saga pelo MACBOOK – Parte 1

Pode cre!

Pode cre!

Bom dia desocupados leitores de plantão! Como prometido, aqui vai a primeira parte da magnífica saga por mim vivida afim de angariar um lindo (e trabalhoso) Maczim…

Tudo começou na segunda-feira passada. Pesquisando um pouco, encontrei uma loja que vendia o macbook que eu queria por um preço um tanto mais baixo que nos outros lugares. Assim que vi isso, imaginem qual foi a minha reação…Falar pro vôzão que eu tinha descoberto o mapa da mina:

-Olha, vô! Aqui nessa loja a bagaça tá mais em conta!

-Porra, imagina se não tivesse!

-É, tá achando caro? Oia o preço mesmo da bagaça (nesse momento dou um singelo CONTROL + TAB e troco de aba, indo para um outro site que tinha o preço mais comum do nosso amiguinho MAC. Claro que ja deixei tudo pronto intensionalmente)

-Verdade, deve ser promoção…Vai até quando?

-Isso eu não sei, aqui não diz muita coisa…

-Tá, perae (ele se dirige ao quarto)

-ahan

-Pronto! (nesse momento ele saca uma calculadora do bolso) olha, se eles dividirem em 4 podemos ir amanha ver isso, tenho que ir para Ribeirão mesmo…

-Bom, só saberemos indo!

Depois desse construtivo diálogo e com um sorrizo de 40 metros no rosto, estava tudo decidido! Aquela seria a minha ultima noite usando windows/linux em dual boot! (sonhar não é proibido, atentem a esse fato!).

6 horas da manha de terça feira: Um frio do caraleo e eu de pé embaixo do chuveiro, todo feliz e contente tomando um belo banho para pegar a estrada…Depois de me trocar, tomei um rápido cafezinho e chamei o vozão. 7:30 pontualmente estavamos na estrada…E é aí que o trêm começa a ficar engraçado de verdade!

Depois de um certo tempo, chegamos a um local onde vários vendedores de ensumos agrícolas e plantas em geral se unem para ganhar a vida honestamente com aquilo que a generosa mãe natureza permite que eles façam: Vender plantas e ensumos! (sério?) Entramos em umas 6 ou 7 lojinhas, compramos terra vegetal, correntes, esterco, bla, bla e…….PLANTAS! (ahan, aquela foto ali de cima é o NOSSO CARRO, e não uma selva amazônica como vocês estavam pensando!). Os termômetros registravam 8 graus e meu nariz congelava até o ponto de eu não mais o sentir…Foi foda!

Depois de muitas plantas (acredite, o carro ficou mais cheio de plantas doque essa foto pode mostrar, mas como meu avo estava por perto, não pude tirar mais fotos…hehe) nós seguimos para a bendita loja…E vocês, aguardem o próximo post! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s